quarta-feira, fevereiro 28, 2007



neste ponto de encontro,

pela única vez,

o coração vazio (re)conhece

o sabor de tudo o que é.

aqui-agora,

uma lágrima de silêncio

irrompe sem tempo.


Daterra

10 Comments:

At 28 fevereiro, 2007, Blogger ines said...

Querido amigo
Tinha saudades de te sentir neste ponto de encontro... saudades das tuas palavras cheias de amor e magia. Sinto-me feliz por um dia os nossos caminhos se terem cruzado e por caminharmos lado a lado neste jardim de sintonias!
"amigo-te"
Um abraço de sol e de mar

 
At 01 março, 2007, Blogger Avusa said...

aqui e agora...
silêncio...

 
At 02 março, 2007, Blogger Bruna Pereira said...

Há muitos que choram contigo.
No silêncio.

:)

 
At 02 março, 2007, Blogger cris said...

Namasté :o)

Abraço *

 
At 02 março, 2007, Blogger borbulha said...

É na quietude que chegamos lá e o que descobrimos pode não ser agradável mas faz-nos avançar.

Namasté

 
At 05 março, 2007, Blogger sa.ra said...

aqui e agora o momento mágico da reunião com a verdade, com o UM.
O êxtase do silêncio... um voo indesvrítivel... um amor inenarrável... a Experiência do "eu sou"...


Beijinho
dia muito feliz

 
At 05 março, 2007, Blogger aya said...

Há paz neste aqui e agora...

Abraço!

 
At 06 março, 2007, Anonymous Anónimo said...

Meu querido a mim tocou-me o coração vazio....cheio....as medidas do infinito...e o sentir-se ser. Aí nesse espaço ser não há lugar para divisão...que são expressões de linguagem...continua a decifrar o grande enigma que é o universo connosco.Que as palavras e os desenhos continuem a ser atua expressão divina mais vísivel.

Teresa

 
At 06 março, 2007, Blogger LARA said...

Lindo.
Parabéns

 
At 07 março, 2007, Anonymous Sandra said...

...uma lágrima de sentido que toca os nossos silêncios, neste encontro (quando nos permitimos também o "aqui-agora").

Obrigada pela expressão da tua lágrima ;)

Um beijinho

 

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home