quinta-feira, julho 03, 2008

Haiku e os dias

I

a laranja

ofereceu à manhã

o seu perfume



II

jovens amantes

a correr campo fora

sem uma sandália



III

nasce o dia -

tão íntimos

o sol e a manhã



IV

casa abandonada -

só os dentes-de-leão

para a guardar



V

antes de dormir

não encontrei a lua

só o haiku



.

3 Comments:

At 04 julho, 2008, Blogger ma grande folle de soeur said...

gosto da casa abandonada guardada pelos dentes de leão... faz-me pensar q tb os templos são guardados por leões...

 
At 04 julho, 2008, Blogger Daterra said...

bom, uma análise interessante...

obrigado

 
At 08 julho, 2008, Blogger David Rodrigues said...

Lécio:

Estou a (v)ler que o haiku entrou fortemente na tua vida. São boas notícias! Eu acho que "One haiku a day, keeps the doctor away". Gosto dos teus poemas mais simples. Há alguns muito bons.
Um abraço.

David Rodrigues

 

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home