segunda-feira, junho 23, 2008

De viagem

I

nem as garças

contam os sobreiros -

alentejo


II

efémeras como eu

no céu azul

nuvens passam


III

sob olhares tímidos

dois copos de vinho

apresentam a noite


IV

pôr do sol -

já não são verdes

as folhas das árvores


V

fim do dia

entre os teu gestos

fumega o jantar

3 Comments:

At 23 junho, 2008, Blogger Dinis Lapa said...

Parecem-me haikus dum fim-de-semana bem passado no Alentejo com boa companhia :)

Nota-se a transiência do tempo e da natureza nesta palavras.

 
At 23 junho, 2008, Blogger Dinis Lapa said...

*nestas

 
At 24 junho, 2008, Blogger ma grande folle de soeur said...

sinto que jà captaste a essencia do haiku. Muit bons. Bravo. Abraço

 

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home