quarta-feira, julho 02, 2008

Estudos de Haiku

primeira lição:

Issa ainda

não parou de mijar



.

2 Comments:

At 02 julho, 2008, Blogger Dinis Lapa said...

Será isto intertextualidade com um haiku do Issa em que ele mija para a neve (não me recordo bem)?

Quantos aos teus haikus, julgo que tens a intuição para escrever instantes que criem imagens no leitor. E só isso importa no haicai. As questões Zen da transiência das coisas, o kigo, etc., são apenas opções do haijin. As temáticas são vastas e ainda existem arquétipos novos para serem criados. És um bom observador da Natureza, mas será que também o és da cidade?

Continua assim que vais bem.

Chega esta "análise"?

 
At 02 julho, 2008, Blogger Daterra said...

Caro Dinis,

Quanto à primeira questão,escrevi este haiku depois de ler "A primeira neve", de Issa, nos seguintes versos:

que beleza -
o buraco feito na neve
ao mijar

.

primeira neve -
disse ele e então
pôs-se a mijar

.

o odor da urina
vai e vem -
crisântemos

.

a primeira cigarra -
digo eu
antes de mijar ´

.

assim, quis brincar com a minha aprendizagem e a "eternidade do momento" no haiku... o Aqui de Issa.

Sobre a tua obeservação fico grato, também eu penso nela.

Acho, na minha modesta opinião, que o haiku deve acompanhar a integralidade da vida, sem exclusões temáticas. Indo assim da banalidade das coisas ao sagrado das coisas.

Bom, mas ainda é curta a minha viagem...

Obrigado pela tua análise e vai escrevndo...


Abraço

 

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home