segunda-feira, janeiro 22, 2007



Faz das tuas mãos o poema que ainda não leste.


Daterra

iamgem: isis1.blogs.sapo.pt/arquivo/1002852.html

10 Comments:

At 23 janeiro, 2007, Anonymous Anónimo said...

confesso! li ontem o teu post e passou-me ao lado a mensagem.
Hoje devo ter acordado mais disponivel…

Que coisa mais linda!!!

Obrigado pela inspiração…

 
At 23 janeiro, 2007, Blogger Daterra said...

que bom:)

quando me surgiu este pensamento achei-o lindo, mas é claro que as coisas só fazem sentido quando nos vemos nelas,quando elas fazem parte da nossa experiência e lhe dão significado!

Obrigado
Abraço amigo:)

 
At 23 janeiro, 2007, Blogger caminhante said...

'To see the world in a grain of sand, and heaven in a wild flower...'
Tens um blog belo como as flores simples! Obrigada pela tua passagem pelo meu sítio!

 
At 23 janeiro, 2007, Blogger Chumani said...

que saudades de te ler (espero voltar a aparecer mais pela net! :)

 
At 23 janeiro, 2007, Blogger Daterra said...

bem vinda caminhante:)

obrigado pelo comentário

abraço

 
At 23 janeiro, 2007, Blogger Daterra said...

Há quanto tempo Chumani!!!

que bom ler-te por cá,

abraço;)

 
At 23 janeiro, 2007, Blogger aya said...

As mãos, os olhos...falam no silêncio! Dizem de nós o Poema maior...

Belíssimo pensamento!

Abraço

 
At 23 janeiro, 2007, Blogger Daterra said...

Aya,

é verdade, podemos fazer desses gestos um poema muito bonito!só com esses um outro escrito se torna possível, ou se revela inevitável!

Obrigado:)
abraço

 
At 07 fevereiro, 2007, Anonymous Anónimo said...

=)
ler-te faz-me sorrir!
an(ónim)a

 
At 21 novembro, 2009, Anonymous Anónimo said...

Obrigado por intiresnuyu iformatsiyu

 

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home