quarta-feira, dezembro 27, 2006

Reflexões sobre...


A Felicidade

Não desesperes da felicidade. Ela não te espera no extremo
oposto da terra ou numa vida futura. Ela está aí onde te encontras.
Espreita o momento em que estarás enfim disposto a convidá-la, a
recebê-la. Vira os teus pensamentos para ela. Basta-te simplesmente
ultrapassar o teu medo.

A Confiança em si

Quando estás feliz, então o teu mérito derrama-se sobre outrem, e a
tua alegria ilumina o céu. A confiança serena, determinada,
livre de apegos, centrada sobre o amor, contribui para a felicidade
do mundo.

Dugpa Rimpoché

5 Comments:

At 28 dezembro, 2006, Anonymous Anónimo said...

Um dia virá em que a viverei no presente. Por enquanto cultivo a paz que já vive em mim. Uma pequenina semente de paz que me aguarda sempre que dela preciso. É certo que por vezes nos esquecemos dela e nos deixamos levar pela impulsividade do ego.

Gajo com muita força esse ego, mas não seria assim se não estivessemos deste lado do despertar.

;) Abraço

 
At 28 dezembro, 2006, Blogger Daterra said...

Um dia virá em que compreenderemos que afinal tudo faz sentido.

Assim mesmo como as coisas são.

Abraço amigo;)

 
At 28 dezembro, 2006, Blogger borbulha said...

Eu sei que eu sou tal qual o Calimero, mas isto hoje parece-me mais complicado do que escalar o Kilimanjaro. Ainda assim fico feliz pela paz que vos rodeia. Quanto mais não seja porque é sinal que é possível. ;)

 
At 28 dezembro, 2006, Anonymous Anónimo said...

Aceitei a tua prenda de corpo inteiro, ou seja tomei para mim também a liberdade de ser feliz agora. Muito muito obrigada

 
At 03 janeiro, 2007, Blogger ana said...

para mim a felicidade são momentos que temos na vida, vêm quando têm de vir. Quanto aos outros momentos existem também, todos em sintonia. O que é mau é ao que determinamos que é, sem mesmo saber o que é essa palavra...Vai na volta tb não sabemos muito bem o que é FELICIDADE.. Só sei que é bom cá andar.:)

bjo ana cardoso

 

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home